>-->

O presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, é um homúnculo cínico e covarde

By | 15:31 Leave a Comment
Esse ser abjeto e sonso que comanda a destruição do Botafogo, Maurício Assumpção, é tão cínico e covarde que não teve coragem de afastar também o goleiro Jefferson do elenco, como fez com Bolívar, Edilson, Júlio César e Emerson Sheik. Ora, a crítica mais direta feita à diretoria do clube foi a disparada pelo goleiro após a derrota para o Grêmio no domingo passado.
Mas Jefferson é o maior ídolo do clube na atualidade e seu afastamento provocaria um terremoto de grandes proporções em General Severiano.
Este Maurício está demostrando ser um homúnculo sem um pingo de dignidade- e ainda conta com o beneplácito e o silêncio covarde dos demais poderes do clube.
Quem vai salvar o Botafogo das garras dessa gentalha que o está destruindo?
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: