26 de março de 2015

Bordel da Alemanha está contratando "testador de prostitutas"

Bordel da Alemanha está contratando "testador de prostitutas"
Um bordel em Berlim, na Alemanha, está anunciando vagas para “testadores de prostitutas”, que deverão avaliar a qualidade das garotas de programa, assim como a limpeza e se elas realmente praticam sexo seguro.

Na publicidade colocada no site pornô alemão KaufMich.com, a casa de entretenimento adulto afirma que “é necessária a experiência prática com muitos anos de visitas aos prostíbulos. O candidato também deve apreciar se divertir com as pessoas e não deve ter medo de fazer contato”.

O empreendimento ainda afirma que é “uma empresa internacional com 120 trabalhadores” e está à procura de um homem com diploma universitário (de preferência na área de negócios), com experiência em bordéis e um certificado de saúde, mostrando que está livre de doenças. O anúncio não informa qual a faixa salarial ofertada. TvABCD-Bordel anuncia vaga para 'testador de prostitutas' em tempo integral

O emprego é sensacional! Mas, qual o motivo da exigência de diploma universitário para o cargo de testador de prostitutas?
Que eu saiba não existe nenhum curso de graduação que forma doutor em putaria. Não, nem o de direito! Esse forma muitos especialistas, mas em outros tipos de putaria, não a sexual. Conheço, quer dizer, conheci, que hoje sou um homem puro e casto, dedicado tão somente aos valores conservadores e cristãos da família, muito “dotô” em “piranhagem” que nunca passou na porta de universidade nenhuma.
A exigência de diploma tá me parecendo coisa de brasileiro, que burocratiza tudo e faz reserva de mercado para os amigos de qualquer bom negócio que apareça no mercado. Se o “negócio” for grande, tanto melhor, pois ninguém fica duro... Ou, no caso em tela, será o contrário?

Nenhum comentário:

Postar um comentário