quarta-feira, 6 de maio de 2015

Depois de ver o show de Lionel Messi não dá para suportar Bill e Sassá

Depois de ver o que Lionel Messi fez na partida em que o Barcelona venceu o Bayern Munich por 3 x 0, na primeira partida pela semifinal da Liga dos Campeões da Europa, juro, mesmo com toda a paixão que tenho pelo Botafogo, que não vou ver o jogo contra o poderoso... Capivariano, logo mais no Estádio Nilton Santos.
Depois do que vi não dá pra suportar Bill e Sassá. Saco.

Comentários

Aécio Neves bateu panela contra PT de carona em helicóptero do governo de Minas

Aécio Neves bateu panela contra PT de carona em helicóptero do governo de Minas

O senador Aécio Neves (PSDB-MG), o Aécim, bateu panela contra o programa do PT que foi ao ar na noite de ontem na TV, quando estava viajando de carona em um helicóptero do governo de Minas Gerais.
Aécim, que tem alergia a viagens de carro por ser alérgico a pó, acabou viciando-se em pegar carona nos aviões e helicópteros mineiros quando era governador.
Dizem que fica no aeroporto de Belo Horizonte, tremendo todo, até embarcar em um voo qualquer para qualquer lugar em uma aeronave pública. No ar, longe do chão e do pó, ele acalma-se. 
Em viagens particulares ele não é viciado, nem gosta de viajar.

Comentários

Urgente: governo só vai permitir uso de panelas de barro para evitar panelaços no Brasil

Urgente: governo só vai permitir uso de panelas de barro para evitar panelaços no Brasil

O governo de tia Dilma fez uma reunião de urgência com todos os seus ministros e "açeçores" no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, para resolver a questão dos panelaços contra o governo
Fico decidido que tia Dilma vai enviar uma medida-provisória-eterna ao Congresso, proibindo o uso de panelas de metal no Brasil. Segundo a medida a medida é para preservar o meio-ambiente da poluição sonora provocada pela disritmia dos "panelaceiros" militantes e desavergonhados que não reconhecem que nunca na história desse país houve (ou será ouve?) um governo como esse. É uma boa medida... Detesto barulho.
Ah, faltou lugar no estádio, que comporta cerca de 70 mil pessoas, para acomodar todos os ministros e seus "açeçores. Uns milhares ficaram participando por um telão do lado de fora.

Comentários

Lula faz discurso de oposição e Supremo autoriza busca no gabinete de Eduardo Cunha

O Supremo autorizou que a Justiça fizesse buscas no gabinete do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).
Em qualquer país mais ou menos sério- pode ser mais pra menos- este cidadão e seu comparsa, quer dizer, colega de PMDB, Renan Calheiros, presidente do Senado, também denunciado pelo Ministério Público por suspeita de recebimento de propinas oriundas do saque à Petrobras descoberto pela Operação Lava Jato, estariam afastados de seus cargos.
Mas no Brasil tem uma turma que prefere culpar quem apura os roubos que os ladrões.

O que me impressionou no programa do PT ontem na TV, não foi nem tanto o panelaço, mas o tom oposicionista do discurso de Lula- o inventor de Dilma.
Não dá para ser situação e oposição ao mesmo tempo, isso é um dos fatores principais do desgaste do governo.

Comentários

Padaria politicamente correta vende bolo afrodescendente com necessidades especiais

Padaria politicamente correta vende bolo afrodescendente com necessidades especiais


O Brasil tem uma grande virtude: nós, os brasileiros, temos a incrível capacidade de "bagunçar" tudo e fazer humor até com o, em geral, mau-humorado politicamente correto.
Uma padaria gaúcha adaptou-se aos novos tempos e não vende mais a tradicional  e secular torta Nega Maluca. Rebatizou-a de Bolo Afrodescendente ( como pode ver na etiqueta que ilustra o post ).
O nome correto seria Bolo Afrodescendente com Necessidades Especiais, mas o nome ficaria muito longo e o chinês dono da padaria, Joaquim Manoel, houve por bem reduzi-lo.
Ao menos a gente ri...  Isso se não aparecer algum membro de uma milícia politicamente correta para ameaçar de  queimar-me vivo, depois de ser torturado em praça pública, como um apóstata da nova seita.

A novidade está em O Globo

Comentários