sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Mulher ameaça marido petista fanático com a Bolsa Chifre

Mulher ameaça marido petista fanático com a Bolsa Chifre
Alfredo é um petista fanático, daqueles que tem a mais absoluta certeza que o Brasil só existe depois que Lulinha assumiu o poder em 2002. Tudo de errado que acontece no País ele bota na conta dos 8 anos da era Fernando Henrique Cardoso no poder. Segundo o Alfredo, FHC é o grande responsável, inclusive,  pelo regime escravista que nos envergonhou durante séculos.
Quem não anda muito satisfeita com o fanatismo do Alfredo é sua mulher, que deu-lhe um ultimato: - Alfredo, eu preferia você na era de FHC na Presidência, você me dava muito mais atenção, inclusive e principalmente, na cama; agora só fala em PT e “comparecer” aqui na minha “urna” virou raridade. Ou você dá um jeito nisso ou vou ter de fazer uma parceira público-privada aqui em casa e você vai receber a Bolsa Chifre!
Euzinho aqui só sei que não sei de nada, não vi nada, tô por fora, fui traído- quer dizer, eu não, o Alfredo é quem vai ser  se não voltar a comparecer...

A gente percebe que está ficando velho quando vira babá do poodle da namorada do filho

A gente percebe que está ficando velho quando vira babá do poodle da namorada do filho

Estou com visita aqui em casa. O Oddy veio passar o fim-de-semana comigo.
Oddy é o simpático poodle da namorada do meu filho. Foram viajar, ela e sua família, e o Oddy veio ficar aqui até domingo.
Quando a gente vira babá do poodle da namorada do filho, é sinal que a terceira-idade ( ex-velhice ) chegou para ficar. Saco.
Pior, muito pior!, apesar de muito educado ( ou talvez por ser... ) o Oddy é torcedor do Flor. Poodle tricolor... Já sabem né?
Bem vou lá, que a minha simpática visita está aqui de boca aberta querendo ir passear...

De São Miguel do Veado a São Miguel do Gay

De São Miguel do Veado a São Miguel do Gay
Jilozinho me ligou de São José do Calçado ( ES ) para contar as novidades... e que novidades!

- Jarrão, escapamos por pouco de sermos capados em Guaçuí! Tudo culpa da anta do Totó, que agora se meteu a entender de tudo e resolveu dar uma aula sobre as origens do nome Guaçuí para o pessoal de lá. Deu uma confusão dos diabos e só não aconteceu algo pior porque a polícia chegou rápido.

- Como assim Jilozinho, explica direito pois não entendi patavinas do que tá dizendo?

- Foi o seguinte:  nós fomos num churrasco lá em Guaçuí e Totó resolveu dar aula de História para o povo presente no evento.Começou explicando que Guaçuí, quando foi elevada à condição de Vila em 1866  se chamava São Miguel do Veado;  depois, quando se tornou município, em 1928, virou só Veado-  acho que São Miguel não quis mais ser padroeiro dos veados, pois naquela época tinha muito preconceito e os outros santos ficavam sacaneando ele lá no céu. Mais tarde, segundo Totó, em 1931, mudaram o nome para Siqueira Campos, um dos dois sobreviventes do episódio histórico conhecido como Os Dezoito do Forte- só ele e Eduardo Gomes escaparam e ele virou herói nacional , morreu em 1930, em um acidente de avião, mas a mudança de nome acabou por gerar problemas com a família do homenageado, pois as cartas enviadas para Guaçuí eram endereçadas assim: Fulano de tal, rua tal, número tal...Siqueira Campos( ex- Veado). Nesse ponto o pessoal de lá começou a não gostar muito da aula do Totó, mas a anta continuou: com os protestos, em 1943, mudaram o nome para Guaçuí, ou seja, continuaram veados, mas agora veados indígenas pois Guaçuí é veado  na língua tupi-guarani. Eu- continuou a anta do Totó- se fosse vocês aqui de Guaçui, em nome do politicamente correto, do qual agora sou devoto,  mudava novamente o nome da cidade. Agora para Gay ou São Miguel do Gay, acho que dessa forma  São Miguel vai topar, vai até ficar alegre- que é gay em inglês e nome da cidade vizinha de vocês: Alegre! Já imaginaram: passo em Alegre e vou pra Gay... Ficarão todos alegres, em português e em inglês, e ainda estarão ajudando a combater o preconceito. E vocês não serão mais veados, nem em português, nem em tupi-guarani, o serão em inglês que é muito mais chique... Não terminou sua peroração! O pessoal avançou em cima da gente e escapamos por pouco. Totó ainda se virou para mim, depois que a polícia nos salvou, e disse: " Ô gentinha mais da preconceituosa e cheia de viadagem!"
Meti um pescotapa na nuca dele e o mandei ficar quieto.

Agora tô aqui, todo roxo, arranhado e fazendo tratamento...  já bebi  umas oito! 

No Brasil do saci-pererê

No Brasil do saci-pererê


No Brasil 
Terra do saci-pererê
O povo leva pernada
Pra dar e vender
De todo lado é explorado
Pelo público e o privado
Resta-lhe exclusivamente 
O direito de espernear
Pulando numa perna só
Como um saci-pererê
Virando-se como pode 
Para ficar de pé e poder 
Com alguma dignidade viver.

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Explicando o motivo da democracia ser melhor que a ditadura



Explicando o motivo da democracia ser melhor que a ditadura

Democracia é o sagrado direito que temos de escolher quem vai nos roubar de tempos em tempos. 
Bem melhor que qualquer ditadura, onde o ladrão é sempre o mesmo e quem reclamar do roubo ainda é torturado, enforcado ou fuzilado.
Em verdade, a única "ditadura" que gosto é a minha...
Viva a democracia, pois.