>-->
Criarumemail.com/

Última do Barão

Uma rapaz de 18 anos espancou um colega (17 anos) até matá-lo porque levou um drible em um jogo de futebol. O fato ocorreu em uma escola de Belo Horizonte. O assassino já tinha mais de 30 reclamações por atos violentos contra ouros alunos dentro do colégio.
O que será que levou ninguém a agir contra a agressividade patológica do criminoso? Medo? Irresponsabilidade? Tentar recuperar o projeto de assassino passando a mão em sua cabeça e oferecendo flores a ele? Com a palavra os especialistas... 

A notícia está no G1- Tia de garoto espancado em escola de BH revela motivo da briga que causou morte: drible no futebol
"Ernesto Araújo, escolhido ministro de Relações Exteriores do governo Bosonaro, acha que a teoria do aquecimento global é uma trama marxista."
A frase acima só serve para demonstrar que a estupidez ideológica não tem lado.
Ernestinho, minha flor, eu discordo de você: suspeito que o aquecimento global é uma tramoia anarquista, não marxista, comandada de seu túmulo por Bakunin para destruir a Terra.
Vai peidar n´água pra ver se faz borbulhas, Nenê... Saco!
Uma lição fica desse imbróglio sobre o programa Mais Médicos: a incompetência histórica do Estado brasileiro em cumprir uma de suas obrigações fundamentais: a de fornecer saúde, ainda que básica, ao povo que o sustenta.
O Brasil sozinho tem mais faculdades de direito do que todo o resto do mundo. São cerca de 90 mil advogados formados todos os anos. Contra uns 30 mil médicos e 40 mil engenheiros.
Um país que forma mais advogados que médicos e engenheiros somados, não pode estar no caminho correto.
O problema não são os médicos cubanos, é nosso Estado obeso, burocrático e ineficiente. Temos Estado demais onde ele não se faz necessário, e de menos onde ele é essencial.
O advogado cagão Mateus de Moura Lima Gomes, preso na Operação Capitu, jogou dinheiro na privada quando os agentes chegaram em sua casa, na região metropolitana de Belo Horizonte.
De acordo com a PF, ele tentou se desfazer de cerca de 3 mil reais.
Que bela cagada, hein... seu Mateus?! 

O advogado cagão Mateus de Moura Lima Gomes, preso na Operação Capitu, jogou dinheiro na privada quando os agentes chegaram em sua casa, na região metropolitana de Belo Horizonte.  De acordo com a PF, ele tentou se desfazer de cerca de 3 mil reais.  Que bela cagada, hein... seu Mateus?!
Ideologia, por mais justa que possa parecer, não justifica incompetência, como alguns querem nos fazer crer.