>-->
Criarumemail.com/

Última do Barão

Pensamento asinino do Barão
Deem poder a um jumento e milhões de pessoas o vão adorar como se um gênio fosse. 



Pensamento asinino do Barão: os jumentos e o poder



Tia Dilma Sapiens comparou o processo de impeachment a um fungo em uma árvore.
Desse negócio de fungar quem entende é o Aécim. Saco.

O troço nem bem começou no Senado e já chegamos ao nazismo... Vai ser um longo dia eivado de baixarias. Saco. 

Gentes! Eu não sabia que os EUA tinham poder de influenciar até a legalidade ou não de decretos assinados pelos presidentes do Brasil, que é o que se discute no processo impeachment de Tia Dilma Sapiens.
Estou pasmo com minha ignorância e falta de informação. Saco. 

Resumindo a bagaça
Vai ter golpe para os que apoiam Tia Dilma Sapiens; vai ter impeachment para os que são contra ela.
O resto é Armazém de Secos & Molhados, como já está claro no depoimento de Dilma ("Se votarem contra mim é golpe" afirmou ela mais de uma vez no Senado) e nos de seus opositores.
É um julgamento em que não existe o benefício da dúvida. Todos só têm certezas.
Em sendo assim eu, como só tenho certeza que não tenho certeza de quase nada, vou almoçar e tirar uma soneca. Não façam barulho, por favor. 

Impressões e depressões do Barão sobre o depoimento de Tia Dilma no Senado (I)



O maior problema do Brasil hoje tem um nome: ódio! 
E com o ódio nos guiando construiremos um futuro ainda mais violento que o triste presente que vivemos.

O maior problema do Brasil tem um nome: ódio

Hoje no Senado teremos mais uma sessão do programa de auditório de maior audiência atualmente no Brasil, o impagável “Impeachment contra Golpe” sob o comando de Ricardo Lewandowski, o Sílvio Santos do STF. 
O sucesso do programa é tamanho que o ministro Lewandowski já tem até um fã clube com milhares de admiradoras, que o tratam carinhosamente por Lelê do STF.
Na programação de hoje teremos até sorteio de passagens aéreas para o auditório. Duas com destino a Cuba para o grupo de mortadelas que apoiam Tia Dilma Sapiens; e duas para os EUA, destinadas aos coxinhas que querem o impeachment dela. 
A viagem dos mortadelas inclui ainda um almoço com Raul Castro, o presidente cubano; a dos coxinhas um jantar com Donald Trump, o candidato dos republicanos à presidência do Império. 

Hoje tem Lewandowski no comando do programa de auditório  "Impeachment contra Golpe"

Quando tudo parece está perdido eis que ressurge o Botafogo!
No meio de uma das mais profundas das crises (econômica, moral, social, ética) que o Brasil já enfrentou em sua história o Botafogo, apenas para confirmar a frase que existem coisas que só acontecem ao Botafogo, vai se reerguendo em meio ao caos. Nos últimos tempos entraram nos combalidos cofres do Glorioso R$ 9 milhões da venda do Ribamar para a Alemanha (e dizem que não existe alemão otário), mais cerca de R$ 7,3 milhões referentes à 2ª das 3 parcelas da venda do zagueiro Dória ao Olympique de Marseille em 2014. O clube francês é enrolado e só paga depois de muita cobrança.
Aliada à grana que alivia os cofres, vencemos duas seguidas no Brasileirão após a saída do técnico Ricardo Gomes que, aliás, pegou um abacaxi bem fresquinho ao ir para o São Paulo, que tá uma verdadeira zona... gay, claro. Bem feito.
E tem mais: fomos campeões cariocas de sub-20 em cima da urubuzada e estamos a um passo de chegar à decisão do Campeonato Brasileiro da categoria. No primeiro jogo da semifinal empatamos com o Coritiba por 2 x 2 em Curitiba e decidiremos a vaga na final jogando na Arena Botafogo na próxima terça (30/08). Vamos comparecer torcida do Fogão, a garotada merece o apoio, assim como nossa diretoria, que vem fazendo um bom trabalho no soerguimento do Alvinegro, que foi saqueado pelo ex-presidente Maurício Assumpção, já devidamente expulso do clube, e sua súcia de ladrões.
O Botafogo é assim, quando nos dão como mortos a estrela solitária que nos guia volta a iluminar os caminhos do clube, assim como nossas almas e corações. É por isso que afirmo sempre que o nosso Glorioso não é para os óbvios, para os que seguem manadas ou bandos. Não, nós somos escolhidos, somos o imortal... Botafogo!

No meio da zona brasileira o Botafogo vai se reerguendo