>-->

Tá tão quente, mas tão quente, que até o Sol anda procurando uma sombra

By | 16:03 Leave a Comment
Tá tão quente, mas tão quente, que até o Sol anda procurando uma sombra
Tá tão quente, mas tão quente, que até o Sol anda procurando uma sombra.
Tanto calor aqui no Rio que até os neurônios deste lindo, gostoso, genial e humildoso Barão de General Severiano estão recolhidos na área mais fresca do meu incomparável cérebro. Como sou Botafogo, tenho pouca, quase nenhuma, área cerebral fresca... Já se fosse torcedor do Flor refrescar meus geniais, embora humildosos, neurônios seria muito mais fácil, em geral seus torcedores possuem vastas e fresquíssimas áreas cerebrais.
E tem mais, normalmente não gosto de ar-condicionado, mas à noite tá impossível dormir sem ligá-lo, por dois motivos: o calor, claro; e a poluição sonora provocada pelos ares-condicionados dos vizinhos. Males da modernidade.
Ufa, que calor!
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: