>-->

A solidão pensa

By | 11:08 Leave a Comment
A solidão pensa
Não tenho medo de solidão
Tenho medo de multidão
Principalmente daquelas
Que urram certezas
Bradando aos céus
Livros suposta [mente]sagrados
Cobertos pelo sangue
Dos que ousaram dizer
Um rotundo não
Às suas iníquas e absurdas 
[ In ]verdades absolutas.
Enquanto a multidão urra vitupérios
A solidão pensa...
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: