>-->

O direito ao "errado constitucional" e o criminoso que vai falar de boca fechada

By | 10:12 Leave a Comment
O direito ao "errado constitucional" e o criminoso que vai falar calado
O ministro do STF, Teori Zavascki, o mesmo que mandou soltar a corja de ladrões presos pela Polícia Federal na Operação Lava Jato- e teve de voltar atrás em sua estranha decisão após ser devidamente "peitado" pelo juiz federal responsável pelo caso, Sérgio Moro, liberou o homem-bomba,Paulo Roberto Costa ( o Paulinho Língua de Trapo ), ex-diretor da Petrobras, um dos detidos na Operação, para ir à CPI da Petrobras instaurada no Congresso para tratar do assunto. Mas, ressaltou, preservando os direitos constitucionais do preso, inclusive o de ficar calado. Ou seja, se quiser o Paulinho Língua de Trapo pode responder às perguntas dos parlamentares ( a maior parte deles, aliás, deveria era ser réus também ) em silêncio. Não riam, por favor, o assunto é sério.
Se o Paulinho fosse negro e pobre não teria porra de direito constitucional nenhum, mas sim direito ao "errado constitucional", que consiste em primeiro apanhar da polícia, se sobreviver às pancadas o cidadão é jogado em uma cela fétida e depois vão ser se é culpado ou inocente. Quando não o "esquecem" por anos no cubículo.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: