>-->

De São Miguel do Veado a São Miguel do Gay

By | 10:50 Leave a Comment
De São Miguel do Veado a São Miguel do Gay
Jilozinho me ligou de São José do Calçado ( ES ) para contar as novidades... e que novidades!

- Jarrão, escapamos por pouco de sermos capados em Guaçuí! Tudo culpa da anta do Totó, que agora se meteu a entender de tudo e resolveu dar uma aula sobre as origens do nome Guaçuí para o pessoal de lá. Deu uma confusão dos diabos e só não aconteceu algo pior porque a polícia chegou rápido.

- Como assim Jilozinho, explica direito pois não entendi patavinas do que tá dizendo?

- Foi o seguinte:  nós fomos num churrasco lá em Guaçuí e Totó resolveu dar aula de História para o povo presente no evento.Começou explicando que Guaçuí, quando foi elevada à condição de Vila em 1866  se chamava São Miguel do Veado;  depois, quando se tornou município, em 1928, virou só Veado-  acho que São Miguel não quis mais ser padroeiro dos veados, pois naquela época tinha muito preconceito e os outros santos ficavam sacaneando ele lá no céu. Mais tarde, segundo Totó, em 1931, mudaram o nome para Siqueira Campos, um dos dois sobreviventes do episódio histórico conhecido como Os Dezoito do Forte- só ele e Eduardo Gomes escaparam e ele virou herói nacional , morreu em 1930, em um acidente de avião, mas a mudança de nome acabou por gerar problemas com a família do homenageado, pois as cartas enviadas para Guaçuí eram endereçadas assim: Fulano de tal, rua tal, número tal...Siqueira Campos( ex- Veado). Nesse ponto o pessoal de lá começou a não gostar muito da aula do Totó, mas a anta continuou: com os protestos, em 1943, mudaram o nome para Guaçuí, ou seja, continuaram veados, mas agora veados indígenas pois Guaçuí é veado  na língua tupi-guarani. Eu- continuou a anta do Totó- se fosse vocês aqui de Guaçui, em nome do politicamente correto, do qual agora sou devoto,  mudava novamente o nome da cidade. Agora para Gay ou São Miguel do Gay, acho que dessa forma  São Miguel vai topar, vai até ficar alegre- que é gay em inglês e nome da cidade vizinha de vocês: Alegre! Já imaginaram: passo em Alegre e vou pra Gay... Ficarão todos alegres, em português e em inglês, e ainda estarão ajudando a combater o preconceito. E vocês não serão mais veados, nem em português, nem em tupi-guarani, o serão em inglês que é muito mais chique... Não terminou sua peroração! O pessoal avançou em cima da gente e escapamos por pouco. Totó ainda se virou para mim, depois que a polícia nos salvou, e disse: " Ô gentinha mais da preconceituosa e cheia de viadagem!"
Meti um pescotapa na nuca dele e o mandei ficar quieto.

Agora tô aqui, todo roxo, arranhado e fazendo tratamento...  já bebi  umas oito! 
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: