>-->

Uma comovente história de amor: o pinto de Maria

By | 10:29 Leave a Comment
Uma história de amor: o pinto de Maria
Maria era uma mocinha prestes a completar 15 anos. Bonita e solitária, morava em um lugarejo isolado. Um belo dia seu vizinho, com dó da solidão de Maria, deu-lhe um pinto de presente. Foi o dia mais alegre da vida triste e soturna de Maria, que logo se apaixonou pelo pintinho- a quem batizou de Pinto.
Daquele dia em diante a vida de Maria mudou, passou a ser uma menina alegre e feliz, apaixonada por seu Pinto, que beijava, acariciava, botava entre suas pernas e acompanhava admirada como o pinto Pinto crescia rapidamente com os cuidados com que ela o tratava. 
Onde Maria ia o Pinto ia atrás... Uma paixão avassaladora.
Maria começou, com o passar dos dias, a adestrar seu pinto. Sentava no sofá, de pernas abertas e ordenava ao amigo: “Sobe Pinto!” O bicho, feliz da vida, subia e se aninhava, todo eriçado de felicidade, por dentre às pernas de sua bela dona. Depois de um tempo Maria ordenava: “Desce Pinto!” E o pobre Pinto, todo contrariado, descia... Maria, então, o pegava delicadamente por entre suas mãos e o beijava com ardor.
Quando chegava o inverno o pobre Pinto ficava encolhido de frio. Maria, zelosa que só ela, pegava o Pinto e o agasalhava entre suas coxas para esquentá-lo. O Pinto adorava ficar se esquentando naquela nobre e aconchegante área. Eram felizes, a bela e solitária Maria e seu pinto de nome Pinto.
E assim, sempre no meio das pernas de Maria e coberto de beijos, o Pinto foi crescendo, crescendo, crescendo...  Bem, aí já é outra história.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: