>-->

Renan Calheiros e Eduardo Cunha tentam chantagear Ministério Público e governo

By | 11:22 Leave a Comment
Renan Calheiros e Eduardo Cunha tentam chantagear Ministério Público e governo
Renan e Cunha, a chantagem como arma de sobrevivência política

Duro mesmo vai ser aguentar as chantagens de Renan Calheiros ( PMDB-AL ), presidente do Senado, e de Eduardo Cunha ( PMDB-RJ ), presidente da Câmara dos Deputados no intuito de se livrarem das acusações feitas a eles pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, por possível envolvimento de ambos no recebimento de propinas desviadas da Petrobras descoberta pela Operação Lava Jato, desencadeada pela Polícia Federal.
Já começaram por atacar a idoneidade do próprio procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que é acusado por ambos de servir aos interesses do governo.
Com Dilma fragilizada, não duvido nada que ambos aliem-se aos que pedem o impeachment  da presidente em busca de uma possível, embora inexequível no momento, blindagem de ambos pelo governo, como já notícia o repórter  Lauro Jardim na revista Veja.
Creio que essa notícia não foi dada à toa exatamente onde é maior a oposição ao governo na imprensa. Parece-me um recado mais que direcionado para Dilma e o PT.
É como diz Jilozinho, o grande filósofo etílico-existencialista de São José do Calçado ( ES ), a linda cidade onde eu nasci: “Passarinho que acompanha joão-de-barro vira servente de pedreiro”.
O ano será de fortes emoções...

Aqui a notícia dada na coluna Radar, na Veja: 

Assim que eleito presidente da Câmara, Eduardo Cunha disse em entrevistas que não via “espaço para o impeachment” de Dilma Rousseff.
Embora de público não vá admitir nem que a vaca tussa, dias atrás afirmou a mais de um interlocutor ser impossível segurar o processo caso a possibilidade ganhe força a partir dos protestos de 15 de março.
Por Lauro Jardim Radar on-line
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: