>-->

O PT e a vitimização de seus corruptos

By | 08:31 Leave a Comment
Ontem, no Congresso do PT que está sendo realizado em Salvador, o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, foi aplaudido por cerca de 3 minutos por militantes do partido em uma reunião a portas fechadas do evento.
Segundo eles o "cumpanheiro" Vaccari é inocente e está preso injustamente. Baseados no quê fazem tal assertiva?
É sempre bom recordar que a própria Petrobras já reconheceu em seu último balanço uma perda de R$ 6,2 bilhões com a corrupção na empresa descoberta pela Operação Lava. Entenderam? Foi a própria estatal que assumiu que foi saqueada, não é uma peça de ficção criada pelo Ministério Público,  a Polícia Federal e a Justiça com a finalidade única e exclusiva de prejudicar o PT.
Ah, e é sempre bom lembrar que das quase meia-centena de pessoas detidas pela Lava Jato até agora, apenas o Vaccari é filiado ao PT.
No mensalão 24 pessoas foram condenados, 4 do PT, os 4 já cumprindo prisão domiciliar, a ampla maioria das outras 20 cumprindo pena em regime fechado.
Por quê, então, sempre!, o PT alega que é perseguido e só os seus são punidos?
Ah, e esse Vaccari, antes de assumir a tesouraria do PT, vinha de uma gestão ruinosa à frente do Bancoop, um cooperativa de bancários de São Paulo, que faliu sob a administração dele, que enfrenta vários processos ligados ao caso.
Essa vitimização dos "nossos corruptos são inocentes, o deles corruptos", é um dos fatores da crise de identidade e de desilusão com o PT por milhões de brasileiros.
Inclusive este escriba, que por décadas votou no partido.

Quem quiser saber mais sobre a cooperativa que era administrada pelo Vaccari vá em Wikipédia- Caso Bancoop 
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: