>-->

Pesquisa conclui que homens castrados vivem mais tempo

By | 07:34 Leave a Comment
Eunucos chineses
"Certamente nem todos (para não dizer todos) irão gostar da “técnica”. Pesquisadores da Coréia do Sul provaram que os eunucos – homens castrados em diversas práticas culturais ao redor do mundo – podem viver em uma margem de tempo significativamente maior comparado com homens não castrados.
O estudo mostrou que os hormônios sexuais masculinos são responsáveis por encurtar a vida dos homens. A evidência veio após uma pesquisa com cuidadosa análise de registros genealógicos dos membros nobres da corte imperial da dinastia coreana Chosun, do ano de 1392 a 1910." Jornal da Ciência- Descoberto o segredo de uma vida mais longa para os homens: Castração é a resposta! 
Bem, a conclusão a que os pesquisadores chegaram está correta, mas o motivo está errado: não é por causa de nossos hormônios masculino que nós, homens, vivemos menos. Os motivos da castração nos fazer viver mais são outros. Castrados não precisamos casar, por conseguinte não teremos sogra pra nos atazanar- 10 anos a mais de vida em média; não casando não teremos ex-mulher pra nos apoquentar a porra das ideias- mais uma década de vida; e castrados estaremos livres da insidiosa tortura feminina (muito mais cruel que a própria castração) que elas, candidamente, chamam de "discutir a relação", que de discussão não tem nada. O troço resume-se em sermos esculachados, humilhados, desmoralizados, pisoteados, achincalhados, durante horas seguidas só tendo o direito de, por breves momentos, dizer: "Você tá certa..." "Prometo que não vou fazer mais..." "Eu errei..." Livres do martírio feminino podemos agregar mais uns vinte anos à nossa expectativa de vida. Ou seja, capados podemos viver, em média, uns quarenta anos mais. Hormônio porra nenhuma!
É impressionante a memória feminina, lembram de uma suposta olhada que você deu pra bunda de uma amiga dela duas décadas atrás. Recordam tudo: onde foi, o tempo que a tal suposta olhada durou, o ano, o mês, a hora, o minuto, o segundo e o décimo de segundo... E tome esporro!




Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: