>-->

Lula, o homem mais humilde e modesto do Brasil, em poema tudo explica

By | 11:08 Leave a Comment
Lula, o homem mais humilde e modesto do Brasil, em poema tudo explica

Eu não tenho
Nenhum tríplex
Mas sou total flex
Bebo uísque
cerveja e pinga
E não pego mandinga

Não tenho sítio
E muito menos fazenda
Vivo só de minha renda
E nunca de empreiteiro nenhum
Aceitei qualquer oferenda

Sou o homem
Mais honesto do Brasil
E quem em mim não acredita
Que vá à puta que o pariu...

Sou o grande Luís Inácio
E quando morrer
Quero como epitáfio
Os seguintes dizeres:

Aqui jaz
A vivalma
Mais honesta
Que este país
Já conheceu

Na história dessa nação
Nunca existiu
Um homem
Mais humilde que eu

Pode ser ele
cristão, muçulmano
Espírita ou judeu

Sou homem do povo
Sofri comendo marmita
Com arroz, feijão e ovo

Depois virei
De minha gente
O maior de todos
Os presidentes
E passei a comer
Macarrão al dente

Também gosto de caviar
Mas a ova de esturjão
É muito cara
E não tenho como
A delícia comprar

Só a como
Se um amigo rico
À minha humilde pessoa
Gentilmente convidar
Para a iguaria degustar

Por aqui vou ficar
Pois dona Marisa
Está a me convocar
Pra em um tríplex
Da empreiteira OAS
No Guarujá passear
E depois ir a Atibaia
No sítio de um amigo
Um churrasco curtir
E de bote navegar
Vou lá...



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: