>-->

A tragédia da Chapecoense nos lembra o quão frágeis somos

By | 11:20 Leave a Comment
 Nascemos com um Norte traçado: a morte. O triste acidente de avião que se abateu sobre a equipe de futebol da Chapecoense, que estava no momento mais glorioso de sua história, vem nos lembrar o quão somos frágeis, finitos e impotentes.
Em tempos de tantas estúpidas certezas,  arrogância, preconceitos, ódios, xenofobia e violência insana, uma imensa tragédia vem nos fazer um pouco mais humanos e solidários com nossos semelhantes.
Pena que isso durará o tempo das vítimas serem enterradas. Logo após, a comoção vai ficar no passado e voltaremos a nos digladiar na busca feroz por poder, dinheiro, bens materiais. Coisas que dão a ilusão de eternidade aos seus detentores.
Eu, um dia, quando tomei ciência da minha finitude, escolhi viver com ternura (para mim a mais bela das palavras), olhando o mundo apenas como um passageiro temporário.  Ao fazer isso, descobri que sou eterno, quando terno.
Todo dia, ao acordar, peço ao espírito do Universo que habita em mim uma única coisa: mantenha-me simples.

A tragédia da Chapecoense nos lembra o quão frágeis somos
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: