10 de setembro de 2019

Botafogo: O dia em que o Glorioso fez a urubuzada sentar em campo

O jogo do urubu sentado:
Em 10 de setembro de 1944 o Botafogo venceu a urubuzada por 5 x 2. No quinto gol a bola entrou mais de 10 metros na baliza deles e o juiz, que era honesto, validou nosso golaço. Os jogadores do urubu, inconformados com a sova que levavam, resolveram fazer pirraça e sentaram no gramado recusando-se a continuarem levando o merecido corretivo que o Botafogo lhes aplicava. Depois de muita manha, abandonaram o gramado para não apanharem de mais. 
À época, a "NaSSão" ainda não tinha a Rede Globo para protegê-la e financiar seu poderoso 'Departamento de Árbitros', por isso sentaram em campo como urubuzinhos mimados criados por vó.
O vexame da urubuzada foi tamanho que o jogo virou até livro. Uma obra-prima escrita pelo mais isento jornalista pró-Botafogo que o mundo já conheceu, o grande PC Guimarães! 

Ficha do jogo: 


BOTAFOGO 5 x 2 FLAMENGO
Local: General Severiano
Juiz: Aristides Figueira
Renda: Cr$ 80.558,50
Gols: Heleno de Freitas (2), Valsechi, Geninho e Walter; Jaime e Jarbas.
BOTAFOGO: Ary, Laranjeira e Laidlaw; Ivan, Papetti e Negrinhão; Lula, Geninho, Heleno de Freitas, Valsechi e Walter. Técnico: Bengala.
FLAMENGO: Jurandir, Nilton e Quirino; Biguá, Bria e Jaime; Nilo, Zizinho, Pirilo, Sanz e Jarbas. Técnico: Flávio Costa.

Obs.: jogo encerrado aos 31 minutos do segundo tempo, por causa dos protestos dos jogadores do Flamengo pelo quinto gol do Botafogo

Quem quiser comprar o livro do PC vá na Submarino-Livro Botafogo Jogo Do Senta

O jogo do urubu sentado:  Em 10 de setembro de 1944 o Botafogo venceu a urubuzada por 5 x 2. No quinto gol a bola entrou mais de 10 metros na baliza deles e o juiz, que era honesto, validou nosso golaço. Os jogadores do urubu, inconformados com a sova que levavam, resolveram fazer pirraça e sentaram no gramado recusando-se a continuarem levando o merecido corretivo que o Botafogo lhes aplicava. Depois de muita manha, abandonaram o gramado para não apanharem de mais.   À época, a "NaSSão" ainda não tinha a Rede Globo para protegê-la e financiar seu poderoso 'Departamento de Árbitros', por isso sentaram em campo como urubuzinhos mimados criados por vó.  O vexame da urubuzada foi tamanho que o jogo virou até livro. Uma obra-prima escrita pelo mais isento jornalista pró-Botafogo que o mundo já conheceu, o grande PC Guimarães!


Nenhum comentário:

Postar um comentário