>-->

Vem,serenidade!

By | 19:07 Leave a Comment
Vem, serenidade!
Vem cobrir a longa
fadiga dos homens,
este antigo desejo de nunca ser feliz
a não ser pela dupla humidade das bocas.
Vem, serenidade!
faz com que os beijos cheguem à altura dos ombros
e com que os ombros subam à altura dos lábios,
faz com que os lábios cheguem à altura dos beijos.
Raul Maria de Carvalho (1920-1984), foi um poeta português. Foi incluído no lote dos 100 melhores poetas do século XX português, por Jorge de Sena e Eduardo Lourenço considerou-o herdeiro de Álvaro de Campos

Poesia de Raul Maria de Carvalho

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: