>-->

A mídia também é responsável pela violência ocorrida no Maracanã no jogo Flamengo x Independiente

By | 09:34 Leave a Comment
A impunidade e a mídia, essa especificamente no caso do Flamengo, são alguns dos fatores que contribuíram para o "show de horror" que parte da torcida rubro-negra proporcionou no Maracanã e arredores na decisão da Copa Sul-Americana em que o clube da Gávea perdeu o título para o Independiente, da Argentina.
Existem outros fatores, claro, mas quero me ater ao papel da mídia, que incutiu na cabeça dos torcedores do Flamengo que o clube é o maior do mundo em tudo, e que qualquer jogador que seja contratado é também o melhor que existe.
O absurdo é tamanho que o goleiro Muralha, agora renegado, chegou a ser convocado para a Seleção por pressão da mídia, sem falar no meio-campo Diego, que não jogou nada durante todo o ano e está sempre na lista do Tite, por quê será?
Se recuarmos um pouco no tempo, veremos que a mídia queria porque queria que Felipão convocasse o glorioso Hernane Brocador para disputar à Copa de 2014. Bem, sendo justo, reconheço que naquele timeco até que o Brocador cairia bem.
No início deste ano, com as contratações feitas pelo clube, a mídia vendeu aos torcedores do Flamengo que todos os títulos seriam conquistados e que o elenco montado eram melhor que o do Barcelona e o do Real Madrid... juntos!
Criaram uma expectativa muito além da razoável e a frustração veio na mesma proporção, e em forma de violência.
A irresponsabilidade da mídia, exacerbando o egocentrismo e a mania de grandeza dos torcedores do Flamengo, ressalvadas as exceções de sempre, também contribuiu para a selvageria ocorrida no Maracanã na noite de quarta-feira passada.
Atenção: eu estou me referindo a parte da torcida do Flamengo, não ao conjunto de torcedores do clube. Tenho vários amigos flamenguistas que, apesar do egocentrismo rubro-negro, são pessoas maravilhosas e incapazes de agredir quem quer que seja por conta de futebol. ]


Flamengo x Independiente, violência no Maracanã
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: