>-->

O problema não são os médicos cubanos

By | 11:09 Leave a Comment
Uma lição fica desse imbróglio sobre o programa Mais Médicos: a incompetência histórica do Estado brasileiro em cumprir uma de suas obrigações fundamentais: a de fornecer saúde, ainda que básica, ao povo que o sustenta.
O Brasil sozinho tem mais faculdades de direito do que todo o resto do mundo. São cerca de 90 mil advogados formados todos os anos. Contra uns 30 mil médicos e 40 mil engenheiros.
Um país que forma mais advogados que médicos e engenheiros somados, não pode estar no caminho correto.
O problema não são os médicos cubanos, é nosso Estado obeso, burocrático e ineficiente. Temos Estado demais onde ele não se faz necessário, e de menos onde ele é essencial.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: