>-->

Tio Rusinho, o melhor tio do mundo

By | 10:10 Leave a Comment
Hoje (29/03), o melhor Tio do mundo faz 80 anos.
Tio Rusinho é o irmão mais novo de minha mãe e foi, é e será sempre o melhor tio do mundo.
Jovem saiu de São José do Calçado e foi para o Rio trabalhar e estudar. 
Quando ia a Calçado ver seus país e irmãos, sempre tinha uma lembrança para seu sobrinho mais velho (e o mais bonito, claro!).
Era meu fornecedor de livros e gibis. Monteiro Lobato, Júlio Verna, o inesquecível 'Os meninos da rua Paulo' do húngaro Ferenc Molnár e tantos outros.
Quando, em 1968, nos mudamos para Niterói, tio Rusinho saia de Copacabana para me pegar e irmos ao Maracanã. De barca. Uma epopeia: ia, voltava, ia, voltava, ia... 
Minha primeira bandeira do Botafogo foi presente dele. Feita por um alfaiate. Linda!
Vascaíno, foi ele que me levou a primeira vez ao Maracanã. E saiu feliz, apesar de seu amado Vasco ter levado uma sova de 4 x 0 do meu Botafogo na final do Campeonato Carioca e 1968. Feliz pela minha felicidade. É ou não é o maior tio do mundo?
E assim é até hoje! Sempre generoso e solidário com todos os seus. Quando qualquer um de nós precisa de ajuda lá está o tio Rusinho com suas mãos estendidas para nos acolher.
Parabéns, tio Rusinho! E obrigado por tudo. Tenho um imenso orgulho de ser sobrinho do melhor tio do mundo.

Hoje (29/03), o melhor Tio do mundo faz 80 anos.  Tio Rusinho é o irmão mais novo de minha mãe e foi, é e será sempre o melhor tio do mundo. Jovem saiu de São José do Calçado e foi para o Rio trabalhar e estudar.  Quando ia a Calçado ver seus país e irmãos, sempre tinha uma lembrança para seu sobrinho mais velho (e o mais bonito, claro!). Era meu fornecedor de livros e gibis. Monteiro Lobato, Júlio Verna, o inesquecível 'Os meninos da rua Paulo' do húngaro Ferenc Molnár e tantos outros. Quando, em 1968, nos mudamos para Niterói, tio Rusinho saia de Copacabana para me pegar e irmos ao Maracanã. De barca. Uma epopeia: ia, voltava, ia, voltava, ia...  Minha primeira bandeira do Botafogo foi presente dele. Feita por um alfaiate. Linda! Vascaíno, foi ele que me levou a primeira vez ao Maracanã. E saiu feliz, apesar de seu amado Vasco ter levado uma sova de 4 x 0 do meu Botafogo na final do Campeonato Carioca e 1968. Feliz pela minha felicidade. É ou não é o maior tio do mundo? E assim é até hoje! Sempre generoso e solidário com todos os seus. Quando qualquer um de nós precisa de ajuda lá está o tio Rusinho com suas mãos estendidas para nos acolher.  Parabéns, tio Rusinho! E obrigado por tudo. Tenho um imenso orgulho de ser sobrinho do melhor tio do mundo.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: